Mundo

Nigéria revela recuperação económica no III trimestre

A recuperação da economia da Nigéria confirmou-se no III trimestre, com uma taxa de crescimento de 1,4 por cento do PIB, impulsionada pelo aumento da produção petrolífera, segundo dados oficiais publicados nesta semana.

A recuperação da economia da Nigéria confirmou-se no III trimestre, com uma taxa de crescimento de 1,4 por cento do PIB, impulsionada pelo aumento da produção petrolífera, segundo dados oficiais publicados nesta semana.
“O produto interno bruto (PIB) cresceu 1,40 por cento no III trimestre de 2017 (média anual) em termos reais, ou seja, o segundo resultado positivo consecutivo desde que a economia saiu da recessão no II trimestre”, anunciou o Bureau Nacional de Estatística (NBS).
A potência da África do Oeste viu a sua economia recuar 1,5 por cento em 2016, entrando em recessão pela primeira vez há 25 anos, num contexto de baixa das suas receitas petrolíferas e de escassez de divisas estrangeiras.
A Nigéria retomou o progresso no II trimestre de 2017 com um crescimento de 0,55 por cento, graças sobretudo ao aumento da produção do ouro negro.
A produção petrolífera, que representa 70 por cento das receitas públicas nigerianas e 90 por cento dos seus rendimentos de exportação, cairam nos últimos dois anos devido principalmente aos frequentes ataques rebeldes contra as infra-estruturas petrolíferas no Delta do Níger.
Segundo o NBS, a produção subiu para 2,03 milhões de barris por dia no III trimestre, após uma trégua obtida pelo governo, que dura vários meses, na senda dos acordos de amnistia com os grupos armados.
O PIB no sector petrolífero progrediu para 25,89 por cento no III trimestre, enquanto o crescimento no sector não petrolífero reduziu 0,76 por cento, embora estes sectores ainda representem 89,9 por cento da economia nigeriana.
No início de Novembro, o presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, apresentou um orçamento recorde de 20,8 biliões de euros para o ano de 2018, um aumento de 16 por cento em relação ao ano anterior.