Mundo

EUA rumo à guerra comercial

O aumento do proteccionismo dos Estados Unidos da América (EUA), que leva a uma eventual guerra comercial, é o principal risco global este ano, de acordo com o relatório “Economic Outlook”

O aumento do proteccionismo dos Estados Unidos da América (EUA), que leva a uma eventual guerra comercial, é o principal risco global este ano, de acordo com o relatório “Economic Outlook” apresentado esta semana, pela empresa de seguros de Crédito y Caución. A posição norte-americana, nomeadamente as suas recentes decisões em matéria de política monetária, é a principal ameaça à robustez do crescimento e do comércio global em 2018, segundo as conclusões desta seguradora. A seguradora indica no relatório que os seus especialistas não estão convencidos de que os EUA “vão realmente seguir com uma agenda proteccionista”, mas caso isso venha a acontecer “seria o colapso do crescimento do comércio”. “Este paradigma de guerra comercial ainda não se coloca “porque afecta apenas uma parte limitada do comércio bilateral”, defendem. A previsão divulgada hoje pela Crédito y Caución dá conta de que, caso este cenário ou outro onde esteja envolvido a União Europeia (UE) se concretize, poderá ter “graves consequências, com uma queda no crescimento do PIB global de 0,5 pontos percentuais”.