Mundo

Cimeira da UA prioriza projectos de desenvolvimento continental

A União Africana (UA) manifestou a confiança de que a 31ª Cimeira de chefes de Estado e de Governo, a ser realizada na Mauritânia de 25 de Junho a 02 de Julho, vai impulsionar os projectos emblemáticos do desenvolvimento continental.

A União Africana (UA) manifestou a confiança de que a 31ª Cimeira de chefes de Estado e de Governo, a ser realizada na Mauritânia de 25 de Junho a 02 de Julho, vai impulsionar os projectos emblemáticos do desenvolvimento continental.
O encontro servirá como uma oportunidade para implementar a Zona de Livre Comércio, projectada para criar um contexto único a nível global para o fluxo de bens e serviços, assegurou a UA em comunicado.
Até 2030, estima-se que o intercâmbio incluirá 1,7 biliões de pessoas com despesas acumuladas de consumidores e negócios que vão totalizar 6,7 biliões de dólares. Por sua vez, alguns prognósticos prevêem que o mercado panafricano experimentará um aumento de 52 por cento do comércio até 2022, com a melhoria na qualidade dos produtos e uma maior diversificação económica.
“Daí que um dos temas centrais do debate será a adopção de mecanismos adequados no seio dos Estados membros para alcançar o acordo para o próximo ano”. afirma o comunicado conjunto.