Mercados

Reservas líquidas caem, mas asseguram ainda 7 meses de importação

As Reservas Internacionais Brutas (RIB), em Agosto de 2018, situaram-se em USD 17,18 mil milhões contra os USD 18,54 mil milhões, em Julho de 2018, e USD 18,06 mil milhões em Dezembro de 2017. No final do referido mês, o nível de reservas internacionais representava 7,1 meses de cobertura das importações de bens e serviços.

As Reservas Internacionais Brutas (RIB), em Agosto de 2018, situaram-se em USD 17,18 mil milhões contra os USD 18,54 mil milhões, em Julho de 2018, e USD 18,06 mil milhões em Dezembro de 2017. No final do referido mês, o nível de reservas internacionais representava 7,1 meses de cobertura das importações de bens e serviços.
De acordo com o BNA, já no mercado de crédito, observou-se uma expansão mensal do Crédito em Moeda Nacional de 1,57%. Nos últimos 12 meses, o crédito à economia em moeda nacional cresceu em torno dos 2,81%.
Quanto ao agregado monetário M2 em moeda nacional, que congrega a totalidade dos depósitos bancários em moeda nacional e as notas e moedas em poder do público, este mostrou uma variação negativa em Kz 83,75 mil milhões, durante o mês de Agosto de 2018. Com efeito, passou de Kz 4,42 bilhões em Julho de 2018 para Kz 4,34 bilhões em Agosto de 2018, o que corresponde a uma redução de 1,89%. Nos últimos 12 meses, este indicador variou negativamente em 1,61%.
No mercado monetário interbancário, observou-se, no mês de Agosto de 2018, um aumento de 26,70% dos montantes transaccionados, totalizando um fluxo de Kz 1,04 bilhões. A LUIBOR, na maturidade overnight, situou-se em 16,52%, o que representou uma diminuição face ao nível em que se encontrava no início do ano (17,77%). O Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) registou uma variação mensal de 1,21% em Agosto de 2018, inferior à registada no mês anterior (-0,04 p.p.).