Mercados

Planageo vai estar concluído em 2020

O levantamento geológico que está a ser efectuado pelo Plano Nacional de Geologia (PLANAGEO) deverá estar concluído em 2020 e, neste período, os investidores nacionais ou estrangeiros terão ao seu dispor informações e mapas suficientes para facilitar as escolhas das áreas onde investir.

O levantamento geológico que está a ser efectuado pelo Plano Nacional de Geologia (PLANAGEO) deverá estar concluído em 2020 e, neste período, os investidores nacionais ou estrangeiros terão ao seu dispor informações e mapas suficientes para facilitar as escolhas das áreas onde investir.
Na perspectiva do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos, através do Planageo, não se vai ter a totalidade do levantamento da riqueza, mas os dados serão mais próximos à realidade e será de grande-valia para o país.
“Os resultados do Plano Nacional de Geologia (Planageo) vãopermitir que mais zonas sejam exploradas”.
O ministro Diamantino Azevedon assegurou que os atrasos observados na conclusão do Planageo deveu-se aos problemas com financiamentos aos estudos, mas que, neste momento, o mesmo está em curso e vai junto dos investidores disponibilizar com maior rigor as informações sobre onde melhor orientar os investimentos.
Estima-se em 40,5 mil milhões de kwanzas o investimento global para a implementação do Plangeo, tendo, até então, como parceiros o Instituto Geológico Mineiro de Espanha e o Laboratório Nacional de Energia e Geologia de Portugal.
No entanto, era previsão do ministério, no anterior Governo, a criação de um Fundo para assegurar uma maior participação de empresários angolanos no investimento mineiro. Com essa medida, previa-se uma participação mais activa dos nacionais num programa de interesse mundial.