Mercados

Opep segue plano de maior valorização da produção petrolífera

A Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) prepara com afinco o próximo encontro do cartel, que deve decidir sobre a continuidade ou não dos cortes que foram acordados em Novembro do ano passado e em implementação desde Janeiro deste.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) prepara com afinco o próximo encontro do cartel, que deve decidir sobre a continuidade ou não dos cortes que foram acordados em Novembro do ano passado e em implementação desde Janeiro deste.
Com local previsto para Viena Áustria, na sede da Organização, o dia 30 de Novembro próximo é para muitos produtores crucial na estratégia dos países de arrecadação de mais receitas provenientes das vendas.
Nesse que é o encontro 173 da organização fundada em Setembro de 1960, e que tem a sua sede em Viena a capital da Áustria, os 12 membros e, provavelmente, outros parceiros não-membros, que devem ser convidados deverão apreciar os relatórios da presidência e dos diferentes comités de especialidade sobre as incidências do mercado petrolífero
desde o último encontro.

Publicação especializada

O relatório “Perspectiva mundial do petróleo” de 2017 da Opep vai ser apresentada numa conferência de imprensa a ser realizada na secretaria da organização na terça-feira, 7 de Novembro.
De acordo com um documento publicado na página de internet da Opep, o secretário-geral, Mohammad Sanusi Barkindo, e membros de alto nível da administração, vão apresentar as principais mensagens da publicação, que fornece análises aprofundadas da indústria mundial do petróleo e oferece uma avaliação completa de vários casos de sensibilidade relacionados à economia e tendências de oferta, bem como com a demanda a médio e longo prazos.
Os dados da Opep avançam que, pelo terceiro ano consecutivo, uma versão abrangente e interactiva do relatório “Perspectiva mundial do petróleo”, WOO na sigla inglesa,
também vai estar disponível.
O secretário-geral, os gestores seniores e outros funcionários da Opep dizem-se disponíveis, desde já, após as apresentações para responder perguntas.
Publicado pela primeira vez em 2007, o WOO fornece análise especializada sobre os muitos desafios e oportunidades que enfrenta a indústria global do petróleo. Ele serve como uma importante ferramenta de referência, fornecendo informações sobre o “upstream” e “downstream”, bem como questões relacionadas aos custos, investimentos e o impacto potencial de políticas e novas tecnologias. Ao lado do Boletim Estatístico Anual, é uma das principais publicações anuais da Opep.
Em Junho de 2018, concretamente entre os dias 20 e 21, a Opep organiza o fórum “Petróleo - cooperação para um futuro sustentável”, isso em Viena da Áustria.