Mercados

BNA põe Usd 30 milhões para acudir mapa da banca

A mais recente sessão de venda de divisas à banca comercial, efectuada pelo BNA, disponibilizou aos operadores um valor de 30 milhões de euros para a cobertura de operações privadas (viagens, apoio familiar, ensino, saúde, propinas escolares e salários).

A mais recente sessão de venda de divisas à banca comercial, efectuada pelo BNA, disponibilizou aos operadores um valor de 30 milhões de euros para a cobertura de operações privadas (viagens, apoio familiar, ensino, saúde, propinas escolares e salários).

Da referida sessão, foi apurada a taxa de câmbio média ponderada de kz 293,417 por euro, com variação de 1,45 por cento.
Contribuíram para o apuramento da taxa de câmbio de referência 24 bancos, tendo a taxa mais alta sido de kz 294,728 por euro e a mais baixa de 292,848. Em função das regras para a organização dos leilões, o montante colocado foi arrecadado no limite do mapa das necessidades enviado pelos bancos.
De acordo com o mapa do referido leilão, o Banco Económico (BE) com 4,5 milhões de euros foi o operador que maior valor recebeu, tendo sido seguido pelo Sol, que se beneficiou de 3,75 milhões. O BPC fechou o top 3 com 3,65 milhões de euros beneficiado para acudir as diversas necessidades dos respectivos clientes.

Novos ofertantes
A 2ª fase do novo quadro operacional do mercado cambial tem como objectivo aumentar o número de ofertantes de moeda estrangeira, além do BNA, e bem como termos um maior dinamismo no mercado cambial, particularmente, no apuramento da taxa de câmbio. A garantia foi dada pelo governador do banco central.
“ No caso particular do nosso mercado, o Tesouro Nacional, as operadoras petrolíferas e os exportadores não petrolíferos são os que estão em condições de participar do lado da oferta.
Esta etapa será implementada em fases, pelo que num primeiro momento, teremos os exportadores não petrolíferos até Setembro e, posteriormente, a reentrada das operadoras petrolíferas”, disse o governador recentemente quando discursava publicamente.