Mercados

Banco Nacional de Angola mantém oferta segmentada

A venda de divisas pelo Banco Nacional de Angola (BNA) no período entre 5 a 9 de Junho, registou um crescimento exponencial, atingindo o triplo do montante da semana passada, quando o banco central disponibilizou apenas 118,9 milhões de euros.

Nesta semana, o BNA realizou vendas de divisas ao mercado no montante de 376,4 milhões de euros (equivalente a 420,6 milhões de dólares), para a cobertura das mais variadas operações destinadas para a satisfação das necessidades gerais dos bancos comerciais.
De acordo com o relatório, publicado semanalmente no sítio do BNA, a taxa de câmbio média de referência de venda do dólar americano do mercado cambial primário, apurada ao final da semana em análise foi de 186,296 kwanzas por euro e em 166,742 kwanzas por dólar.
No último leilão, as operações de Cartas de Crédito absorveram o maior valor (135,0 milhões de euros), enquanto cobertura de operações diversos sectores beneficiaram 103,3 milhões de euros.
Já para os sectores produtivo, petrolífero e ministérios e organismos do Estado o banco central declarou a venda de um valor aproximado de 44,29 e 19 milhões de euros, respectivamente, para a cobertura
das suas necessidades.
Para a cobertura das necessidades das operações do sector de viagens, ajuda familiar, Saúde e Educação o BNA disponibilizou 8,9 milhões de euros e igual montante para
operações de cartões de crédito.
No total foram 11 os sectores beneficiados, inclusive os sectores de transportes, bens alimentares e das telecomunicações.

Operações monetárias

Para efeitos de regulação monetária o BNA realizou operações de mercado aberto (OMA) no montante de 25,7 mil milhões de kwanzas, nas maturidades de 7, 28 e 63 dias, à taxas médias de juro de 7,50;11 e 13,00 por cento ao ano, respectivamente.

Operações fiscais

Para a gestão corrente do Tesouro Nacional, o Banco Nacional de Angola, enquanto operador do Estado, retomou as operaçoes e colocou no mercado primário Títulos do Tesouro no montante de 50,1 mil milhões de kwanzas, sendo 44,5 mil milhões de kwanzas em Bilhetes do Tesouro (BT) e 5,6 mil milhões em Obrigações do Tesouro indexadas ao câmbio (OT-TXC). As OT-TXC emitidas foram nas maturidades de 3, e 4 anos à taxas de juro nominal de 7,00 por cento e 7,25 por cento ao ano.
As taxas de juro médias apuradas para os BT nas maturidades de 91, 182 e 364 dias situaram-se em 16,13 por cento ao ano para 91 dias; 20,22 ano para 182 dias e 23,90 para 364 dias.