Lazer

Wearables e smarthome vão revolucionar o mercado

A internet é das coisas que vai invadir a casa de qualquer um nos próximos tempos. Os dispositivos vestíveis (wearables).

A internet é das coisas que vai invadir a casa de qualquer um nos próximos tempos. Os dispositivos vestíveis (wearables) já não são invenções absurdas para o futuro. Camisas, óculos, relógios e outros itens do vestuário se tornarão mais inteligentes e estarão preparados para atender às mais exigentes demandas de comodidade. Um dos nichos mais lucrativos do mercado comercial será o de vestíveis que ajudam no cuidado com a saúde como monitoramento de batimentos cardíacos, de níveis de colesterol no sangue, stress moscular, quilómetros percorridos e até do sono. Tecnologias wearable não são destinadas apenas a aplicações pessoais. Há empresas que investem mais de mil milhões de dólares por ano em desenvolve linhas de Equipamento de Protecção Individual (EPI) equipadas com a tecnologia. O resultado é uma melhor garantia da segurança e da saúde dos trabalhadores. Um desses produtos é o respirador 3M Versaflo, um EPI com instrumentos motorizados de pressurização que garante o fornecimento de ar puro por meio de uma traquéia protegendo o trabalhador em ambientes de alto risco químico ou biológico. Uma etiqueta RFID acoplada à vestimenta permite a leitura de todos os dados do equipamento por smartphone, conectando, via internet, a área, o operador e o EPI fornecendo dados importantes para as empresas. Dessa maneira, é possível mitigar o risco de acidentes de trabalho. Aparelhos do lar, por sua vez, poderão ser controlados de maneira mais simples. Como uma galeira que avisa, via smartphone, que determinado alimento está próximo da data de validade, além de indicar os nutrientes e quantidade de calorias ali presentes. Esse conjunto de informações poderá ser obtido através de equipamentos. Este ano, vários aparelhos estão a ser criados para a conectividade entre as diversas máquinas disponíveis no mercado. Espelhos e chuveiros são outros itens de casa que também poderão passar por mudanças essenciais movidas pela tecnologia ainda este ano. Desta forma o mundo tecnológico se mostra cada vez mais promisssor.