Lazer

“Moda solidária é importante“

A organização do Fest Fashion Uíge realiza no dia 25 do corrente mês, na cidade do Uíge, uma noite de moda e recreativa com mais de 30 modelos, provenientes de várias partes de país. O evento tem como objectivo principal a recolha de donativos para entrar, no fim, a vários lares de beneficência a nível da província do bago vermelho. O JE conversou com Indira Metuanga, responsavel pela organização do evento, para saber sobre os meandros do espectáculo.

A organização do Fest Fashion Uíge realiza no dia 25 do corrente mês, na cidade do Uíge, uma noite de moda e recreativa com mais de 30 modelos, provenientes de várias partes de país. O evento tem como objectivo principal a recolha de donativos para entrar, no fim, a vários lares de beneficência a nível da província do bago vermelho. O JE conversou com Indira Metuanga, responsavel pela organização do evento, para saber sobre os meandros do espectáculo.

O que é o Fest Fashion Uíge e quando é que surgiu esse festival?

A ideia surgiu de um grupo de jovens, sobretudo mulheres naturais da cidade do bago vermelho, que gostam de moda e sentiram que havia esse vazio a nível da província. O objectivo deste evento é meramente de carácter social, que se traduz na realização de eventos culturais, captação e promoção de talentos em diversas artes, com o fim de contribuir para a divulgação dos valores culturais do Uíge. Esta é o primeira edição, apesar de que no passado já realizamos espectáculos do género.

Quais são as principais atracções do festival?

Os presentes serão agraciados, além do desfile de moda com mais de 30 modelos, alguns da província do Uíge, outros serão provenientes de várias províncias do país, com predoninância para Luanda. Além disso, teremos música, poesia e várias surpresas. Teremos ainda no dia 25 uma exposição de produtos diversos, seguida de uma palestra sobre saúde e bem-estar, com a especialista Maria do Carmo, onde os participantes poderão efectuar uma consulta sobre beleza, culminando com a entrega de donativos.

Qual é o principal objectivo de realização deste espectáculo?

O Fest Fashion Uíge, começando pelo significado, não é nada mais, nada menos, que uma festa de glamour que anualmente será realizada na província, em que o principal objectivo é enfatizar o empuderamento da mulher uigense e a realização de actividades solidárias. Prova disso é que este mesmo dia, terminaremos com uma gala de beneficência, cujas receitas angariadas terão como destino, apoiar as vítimas das chuvas que se abateram no mês passado. Os locais estão identificados e vão apoiar essa causa.

Quais são as principais dificuldades com que se deparam os fazedores de moda?

As dificuldades são inúmeras, desde a falta de apoios até a quase inexistência de espaços para a realização de eventos desta natureza. Por outro lado, temos ainda a falta de uma indústria têxtil, que condiciona o trabalho de estilistas na feitura das suas roupas, o que tem que se adquirir no estrangeiro. Portanto, os fazedores de moda ou seja a arte em geral no país, vive constrangimentos de vária ordem, a carência de espaços culturais, a divulgação dos eventos, matéria-prima, entre outros, só para citar estes.

A província do Uíge não é tradicional neste tipo de eventos, o que se espera que este em particular possa trazer para a província?
Um dos objectivos deste evento também é tornar habitual esse tipo de eventos na província e inscrever o Uíge na roda dos palcos da moda nacional. Queremos ainda com isso aproveitar todo talento que temos disponivel localmente. Este em particular será muito proveitoso porque tem uma finalidade solidária, o primeiro especial Red Carpet na província, com esta ilustratividade formal, com apenas mulheres na organização.

Quais são os principais patrocinadores do Fest Fashion Uíge?

Neste sentido, há um esforço pessoal muito grande por parte dos membros da organização para que o evento saia com as condições exigidas para este tipo de actividades. Mas, o principal patrocinador, a título individual, é o responsável do espaço do Futebol Clube do Uíge, onde vai decorrer a gala, o senhor Mayeno e temos, como não podia deixar de ser, o apoio do governo provincial, dos bombeiros, da Cultura e da polícia Nacional e de todos quantos de forma particular deram bens diversos.

Quem vai vestir os modelos participantes no desfile?

Esta questão será da responsabilidade da estilista Sabina, que vai tratar da roupa dos 30 modelos pertences às agências Nascente Fashion, King Mode’s Angola e Iracema Mode’s, que emprestaram os seus modelos à esta gala.