Lazer

Artista Hildebrando de Melo expõe “Papéis” em Luanda

O artista plástico angolano Hildebrando de Melo promove a partir do dia 29 deste mês, no Memorial António Agostinho Neto (MAAN), em Luanda, um conjunto de obras no quadro da exposição “Papéis”.

O artista plástico angolano Hildebrando de Melo promove a partir do dia 29 deste mês, no Memorial António Agostinho Neto (MAAN), em Luanda, um conjunto de obras no quadro da exposição “Papéis”.
Papéis é o resultado de aproximadamente 20 anos de trabalho do artista em suporte de papel.
O artista diz que a estética inerente a este percurso de trabalho resultante da prática de labor artístico levou-o a descobrir uma nova forma de abordagem dentro da collage - assemblage que lhe caracteriza bastante, que pressupõe conseguir ultrapassar os limites do plano, quebrando as barreiras do limite que impõe a pintura, despoletando uma fusão da pintura com a escultura.
“Daí as formas predominantes da pintura terem saído e ganho uma forma tridimensional. Já que foi com o estudo destas obras em papel que desenvolvi também a minha pintura e cheguei ao estado de escultura que me encontro agora, num sentido profundo na questão: É como uma luta de dois campos opostos, consubstanciado um; no outro, aonde os mesmos se digladiam entre si”, reforçou o artista.
Hildebrando de Melo nasceu no Bailundo, Huambo e estudou pintura na Associação das Lameiras, em Vila Nova de Famalicão, Portugal. É vencedor do concurso Ensarte 2004, na categoria juventude, do concurso Sona “Desenhos na Areia”, Luanda, e tem a distinção Angola 30 º, como artista do ano no campo das artes visuais.
O artista participa em colecções particulares, nacionais e internacionais, e com trabalhos expostos em Portugal, Estados Unidos da América, Alemanha e Angola.