Finanças

Produtos vigiados têm aumento de preços segundo levantamento efectuado pelo Iprec

O Índice dos Produtos Vigiados (IPVA) registou um aumento geral de preços de 0,20 por cento, uma variação de 0,66 pontos na semana de 1 a 5 de Maio, mais 0,66 pontos percentuais em relação a semana anterior.

A carne pojadouro (16,82 por cento) e o frango congelado (13,66 por cento) são os produtos que registaram os maiores aumentos nos supermercados de Luanda.
Estes dados constam do décimo oitavo Relatório Semanal de Preços do ano 2017 do Instituto de Preços e Concorrência (IPREC) do Ministério das Finanças. O documento faz uma análise aos Produtos dos Preços Vigiados (PPV) da província de Luanda e do Uíge, no período referenciado.
O Regime de Preços Vigiados está previsto no Decreto Executivo N.º 77/16, de 25 de Fevereiro, que define as regras e procedimentos para a fixação e alteração dos preços praticados nos diferentes regimes, bem como os mecanismos para o desempenho da actividade de controlo e fiscalização de preços.
A mandioca (13,54 por cento) e a laranja (8,11) foram os produtos que mais baixaram de preços nos supermercados de Luanda. Nas praças e mercados informais da mesma província, o Instituto de Preços e Concorrência registou as quedas mais significativas de preços em dois produtos: pão bola (46,7 por cento) e o repolho (43,81).
Em termos genéricos, durante o período de 01 a 05 de Maio de 2017, os preços dos PPV nos supermercados de Luanda sofreram aumentos até 20 por cento e apenas oito dos 32 produtos apresentaram reduções de preços. O alface (93,10 por cento) e a cenoura (34,86) são as mercadorias que registaram os maiores aumentos de preços nas praças e mercados informais de Luanda.