Empresas

Moxico policia ilicitude

Os operadores económicos que especulam os preços dos principais produtos comercializados na região serão punidos nos termos da lei, com vista a disciplinar.

Os operadores económicos que especulam os preços dos principais produtos comercializados na região serão punidos nos termos da lei, com vista a disciplinar a prática da actividade. A intenção foi manifestada pelo director provincial do comércio, indústria e recursos minerais do Moxico, Victor Pedro, durante um encontro de auscultação dos operadores comerciais locais, tendo em conta a aproximação da quadra festiva, período em que a classe aplica preços de forma arbitrária, para obtenção fácil de lucro.
Victor Pedro advertiu que, desta vez, os comerciantes que optarem em formar preços sem o consentimento do órgão regulador, o Gabinete provincial do Comércio, Indústria e Recursos Minerais serão responsabilizados com pesadas multas. Antes de actuar de forma coerciva, explicou, numa primeira fase os órgãos competentes do sector do comércio realizam, a partir da segunda quinzena de Novembro a 15 de Dezembro, visitas de inspecção, com carácter pedagógico, onde os comerciantes serão aconselhados a seguirem as normas e procedimentos estabelecidos pela lei. O director disse que a iniciativa visa sensibilizar os comerciantes, para acautelarem as questões ligadas ao saneamento dos seus estabelecimentos e à higiene na conservação das
mercadorias comercializadas.