Empresas

Cuanza Norte já emite alvarás

Os investidores da província do Cuanza Norte poderão ver facilitado o processo de licenciamento da sua actividade mercantil em decorrência do lançamento há dias, dos serviços de emissão do alvará de licença comercial, em acto presenciado pelo ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem.

Os investidores da província do Cuanza Norte poderão ver facilitado o processo de licenciamento da sua actividade mercantil em decorrência do lançamento há dias, dos serviços de emissão do alvará de licença comercial, em acto presenciado pelo ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem.
O acto decorrido à margem do XI Conselho Consultivo Alargado do Ministério do Comércio, realizar-se-á na província, de 27 a 29 do mês em curso, enquadra-se no programa do sector de descentralização e desconcentração da emissão do alvará comercial a nível das 18 províncias do país.
Após o Huambo, o Cuanza Norte torna-se assim a segunda província a beneficiar de condições para a emissão local do alvará de licença comercial, realidade que vai contribuir para que os agentes mercantis tenham em posse o documento que os habilita ao exercício da actividade num período de apenas cinco dias.
Em declarações à imprensa, o director nacional do comércio interno e serviços mercantis, Estévão Chaves, esclareceu que o novo sistema de emissão vai aliviar a situação dos comerciantes locais que tinham de viajar para Luanda afim de obterem a cédula comercial, fruto da emissão concentrada que existia na altura e que representava um grande transtorno para os investidores.
Disse que a iniciativa resulta da necessidade de eliminação da burocracia no licenciamento dos comerciantes, onde a província de Malanje será a próxima a beneficiar dos referidos serviços, seguido das províncias do Cuanza Sul e Huíla.