Gestão

Políticas públicas garantem eficiência

As políticas públicas jogam um papel preponderante na dinamização da economia de um país e na vida particular das empresas, conforme afirmou na sua comunicação, Rosa Pinto, especialista em Políticas Públicas.

As políticas públicas jogam um papel preponderante na dinamização da economia de um país e na vida particular das empresas, conforme afirmou na sua comunicação, Rosa Pinto, especialista em Políticas Públicas.
De acordo com Rosa Pinto, que fez estas afirmações nas últimas Jornadas Científicas da Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto, elas representam o conjunto de programas, acções e actividades desenvolvidas pelas instituições públicas e privadas, destinadas a assegurar o bem-estar económico, político e social de um determinado Estado.
Segundo a especialista, nas economias modernas, os governos assumem três funções principais, resultantes do denominado “Estado do bem-estar social”, nomeadamente a função de afectação, que consiste em corrigir os monopólios e a concorrência desleal; a função de redistribuição, destinada a equilibrar a balança entre a riqueza e a pobreza criada pelo mercado, bem como a estabilização macroeconómica resultante de ciclos de crescimento, emprego e inflação.
Rosa Pinto afirma ainda que elas apresentam um ciclo, que começa com a sua identificação, avaliação e selecção das opções, implementação e avaliação e olha para as políticas públicas como a conjugação deliberada de certos meios para alcançar determinados fins.
A formulação de políticas públicas, para ela, obriga fazer escolhas e definir prioridades e acrescenta, que uma política económica só existe quando os objectivos são quantificados em metas, mas porém adverte, que um documento é meramente técnico mais sim, que apesar disso, obedecem o quadro económico, político e social do país onde as políticas vão ser inseridas. Na verdade, são consideradas políticas públicas, aquelas destinadas ao estímulo à inovação, investigação e ao
desenvolvimento tecnológico.
A especialista aconselha também uma séria aposta nas tecnologias, pois, um dos factores chaves do milagre do crescimento do capitalismo nas modernas economias é a produção do progresso tecnológico, que torna a rotina e a inovação, em processos mais céleres na produção através de linhas de montagem.
Os governos nas economias modernas assumem vários papéis, em resultado das ineficiências de mercado, pelo que as políticas públicas são o conjunto de programas e acções desenvolvidas pelo Estado e que constituem instrumentos importantes para alcançar as metas preconizadas.
Para Angola, a especialista indica que as políticas públicas de apoio à industrialização conjugadas com as metas macroeconómicas, no Programa Nacional de Desenvolvimento 2013-2017, podem ser considerados factores primordiais para que se alcance um crescimento económico sustentável nos próximos anos.