Gestão

Indicadores financeiros

Os indicadores financeiros de uma empresa são as métricas calculadas por meio de dados obtidos nos demonstrativos de resultados do negócio. Basicamente, a sua principal função é fornecer informações que auxiliem na análise da performance organizacional e na tomada de decisão.

Os indicadores financeiros de uma empresa são as métricas calculadas por meio de dados obtidos nos demonstrativos de resultados do negócio. Basicamente, a sua principal função é fornecer informações que auxiliem na análise da performance organizacional e na tomada de decisão.

Facturamento bruto
Este indicador é importante porque indica quanto dinheiro vai entrar na organização, ou seja, o facturamento corresponde ao somatório dos ganhos que foram obtidos em dado período. É essencial saber o quanto se está a vender em seu mercado: se este indicador estiver abaixo do pretendido, o empreendedor deve repensar as suas estratégias de marketing e buscar novos clientes.

Lucratividade
Não se pode confundir este indicador com o lucro da empresa (que seria igual ao facturamento subtraído dos custos). A lucratividade é conseguida através da divisão entre o lucro líquido e o facturamento bruto mensal, tendo como resultado um valor percentual.
Rentabilidade
Indicador que revela o poder de ganho ou de retorno do capital que foi investido na empresa. Você saberá se o negócio é atractivo a partir do cálculo do retorno do que investiu (ou pretende investir).

Ticket médio
Referencial que diz respeito ao valor médio de cada venda. Isso ajuda a entender a dinâmica de sua empresa, sobretudo se a actividade é varejista. O cálculo é feito com base na divisão do facturamento pelo volume de vendas realizadas no período.

Custos fixos
Um dos indicadores que não podem jamais sair do controle é o que se refere aos custos fixos. Estes significam as despesas que não variam, mesmo com as alterações de facturamento, para mais ou para menos. O aumento dos custos fixos poderá ter efeitos muito prejudiciais ao final do período.

Nível de endividamento
A dependência do negócio em relação ao capital obtido com terceiros geralmente é uma forte e constante preocupação dos empreendedores. O nível de endividamento da empresa toma por base os dados contidos no balanço patrimonial, dividindo-se o total do Passivo (as dívidas com empréstimos, contas a pagar e obrigações com fornecedores, por exemplo) pelo total do activo.

Margem operacional
Indicador que define a percentagem de cada unidade monetária (real) de venda, depois que as deduções referentes às despesas forem satisfeitas, com excepção do Imposto de Renda.
Então, a margem operacional é obtida a partir da divisão do resultado operacional pela receita líquida de vendas.