Gestão

Contabilidade nas empresas

A contabilidade é vista com um certo dissabor na vida das empresas, isto porque muitas se sentem controladas a tempo inteiro ou acham que a contabilidade é um incómodo que só serve para obrigar a guardar vários livros, enviar toda a documentação de tudo que comprou, vendeu, pagou e recebeu periodicamente e ainda ter que prestar esclarecimentos quando surgirem dúvidas.

A contabilidade é uma ciência que tem obrigação de controlar a evolução do património de uma empresa, através dela é possível calcular e registar todas as operações comerciais e financeiras realizadas num certo período, produzindo relatórios que são usados para fornecer aos seus usuários (internos e externos) informações úteis e relevantes para análise da situação económica e patrimonial da empresa.
Uma boa gestão, inevitavelmente, gera resultados eficazes em todas as esferas do negócio, a começar pela produtividade dos colaboradores, que é estimulada por meio de uma liderança altamente qualificada. O gestor tem como função acompanhar as equipas e identificar adequações, tanto processuais como de função, que favoreçam os resultados do negócio.
Ou seja, por meio do acompanhamento das actividades desenvolvidas, a gestão de uma empresa consegue identificar e redefinir papéis e modelos de execução que tendem a prosperar e gerar mais resultados, onde a contabilidade é a parte mais importante.

Demonstrativos
No que toca aos demonstrativos, o balanço patrimonial, a demonstração do resultado do exercício, dos lucros ou prejuízos acumulados, podendo ser substituído pela demonstração das mutações do património líquido e dos fluxos de caixa, do valor adicionado são os elementos mais significativos a se ter em conta quando se fala em contabilidade das emprersas.

Benefícios
Os benefícios são inúmeros, deste a maximização de rendimentos ao controlo de gestão. A conceituação da contabilidade e as suas ferramentas podem ser um pouco complicadas para alguém que desconhece o mecanismo contábil, mas são necessárias para formular de maneira organizada e agrupada tudo que a empresa realiza todos os dias na sua gestão e operação.
Através da contabilidade a empresa tem controlo sobre informações como: a situação financeira líquida, isto é, quanto tem de capital de giro e quando é possível reinvestir na empresa; visualiza o seu grau de endividamento, ou seja, o quanto a empresa recorreu à terceiros para saldar as suas dívidas; percebe se acontecem gastos desnecessários e assim pode trabalhar com políticas de redução de custos e verifica como anda o giro dos seus stocks e a vida útil dos seus móveis, equipamentos, veículos, entre outros através do cálculo de depreciação.
Não restam dúvidas que contabilidade é uma ferramenta útil na gestão e criação de estratégias para cumprimento dos objectivos que a empresa possui. Além disso, o contabilista tem a função de ajudar o administrador na gestão e desenvolvimento do planeamento futuro da empresa. Uma empresa sem contabilidade é uma empresa sem identidade e sem condições de se planear e de se preparar para o futuro de forma a que possa sobreviver aos choques do mercado.
As informações contábeis permitem que a empresa tenha uma visão mais ampla e estratégica das questões como: o planeamento tributário, análise de desempenho, gestão de riscos e o cumprimento das leis e recolha de impostos. É muito importante para quem inicia uma empresa e desconhece as normas e princípios da contabilidade, sugerimos que busque
orientação de contabilistas.