Gestão

Balanced scorecard melhora competição

O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenvolvida pelos professores da Harvard Business School (HBS) Robert Kaplan e David Norton, em 1992.

Os métodos usados na gestão do negócio, dos serviços e da infra-estrutura baseiam-se normalmente em metodologias consagradas que podem utilizar a Tecnologia da Informação (TI) e os softwares de ERP (Enterprise Resource Planning) como soluções de apoio, relacionando-a à gestão de serviços e garantia de resultados do negócio.
Os passos dessas metodologias incluem: a definição da estratégia empresarial, gestão do negócio, de serviços e da qualidade, passos estes implementados através de indicadores de desempenho que previne acontecimentos futuros prejudiciais para a empresa.

Componentes do BSC

O mapa estratégico do BSC deve descrever a estratégia da organização através de objectivos relacionados entre si e distribuídos nas quatro dimensões, cujo objectivo estratégico deve ser alcançado para o sucesso da empresa.
Qualquer indicador deve cumprir os seguintes requisitos: ser claro, transmitir informação clara e confiável sobre o evento a analisar; fácil de obter, mediante o acesso intuitivo a uma aplicação informática; coerente com os fins estabelecidos, com a Visão e Missão da organização, medindo e controlando os resultados alcançados; adequado e oportuno, estando disponível para a tomada de decisão.
Além disso precisa ter uma unidade de medida correctamente identificada; ter um responsável designado capaz de actuar sobre os indicadores; deixar as estratégias claras a toda a empresa; alinhar as metas interdepartamentais e pessoais à estratégia.

Meta

O grande objectivo desta etapa é promover a compreensão e uma análise crítica dos direcionadores de negócio e da visão do futuro. Um segundo objectivo é resgatar as directrizes estratégicas, analisando a sua coerência na tomada de decisão: interrelacionamento de objectivos estratégicos.
As actividades desta etapa também implicam alocar os objectivos estratégicos nas quatro dimensões do BSC, correlacionando-as entre si. Nesse processo podem ou não surgir lacunas no interrelacionamento, que deverão ser eliminadas ou preenchidas a partir de novas discussões e análises do planeamento estratégico da organização, como a escolha e elaboração dos indicadores.
O objectivo essencial da selecção de indicadores específicos para o BSC é a identificação dos indicadores que melhor comuniquem o significado da estratégia que foi estabelecida e a elaboração no plano de
implementação da empresa.
Uma vez definidos os indicadores associados aos diferentes objectivos estratégicos, definem-se as metas, os planos de acção e responsáveis, a fim de direccionar a implementação da estratégia para o futuro da corporação.