Finanças

IPC observa variação

O índice de preços no consumidor nacional (IPCN), divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em Agosto de 2017, observou uma variação de 1,59 por cento, correspondendo a um aumento de 0,10 pontos percentuais em relação ao mês anterior (1,69 por cento) e uma redução de 1,72 pontos percentuais em relação ao período homólogo de 2016 (3,31 por cento).

O índice de preços no consumidor nacional (IPCN), divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em Agosto de 2017, observou uma variação de 1,59 por cento, correspondendo a um aumento de 0,10 pontos percentuais em relação ao mês anterior (1,69 por cento) e uma redução de 1,72 pontos percentuais em relação ao período homólogo de 2016 (3,31 por cento).
De acordo com o comunicado do BNA que retoma dados do INE, a província da Huíla foi a que registou menor variação com 1,12 por cento, enquanto que a do Moxico foi a que registou maior variação com 2,20.
No mesmo período, a luibor overnight fixou-se nos 22,23 por cento, ao ano, e nas maturidades de 3 e 12 meses as taxas luibor situaram-se em 19,62 por cento e 23,27 ao ano, respectivamente.
Relativamente ao Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN), divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em Julho de 2017, observou-se uma variação de 1,69 por cento, correspondendo a um aumento de 0,17 p.p em relação ao mês anterior (1,52 por cento) e uma redução de 2,57 pontos percentuais em relação ao período homólogo de 2016 (4,26 por cento).
A província da Huíla foi a que registou menor variação com 1,16 porcento, enquanto que Benguela a maior (2,15 porcento).