Finanças

Famílias planificam despesas para dezembro

A preocupação das familias em relação a poupança, obriga a que se avalie se os preços praticados por um determinado supermercado ou mercado paralelo estão de acordo com os demais e comprar apenas o essencial. Desta forma, se consegue fazer a contenção de gastos e garantir um natal agradável.As despesas, em Dezembro, devem ocorrer apenas na base de prioridades bem definidas e orientadas para não comprometer o Janeiro, tido como mês da fome.

A preocupação das familias em relação a poupança, obriga a que se avalie se os preços praticados por um determinado supermercado ou mercado paralelo estão de acordo com os demais e comprar apenas o essencial. Desta forma, se consegue fazer a contenção de gastos e garantir um natal agradável.As despesas, em Dezembro, devem ocorrer apenas na base de prioridades bem definidas e orientadas para não comprometer o Janeiro, tido como mês da fome.
A dinâmica do mercado ,tanto no formal como informal nesta fase do ano, propicia alterações nos preços a qualquer momento, em função das dificuldades que os importadores vão encontrando, devido à conjuntura.De acordo com o consumidor Alfredo Simba,as oscilações dos preços dos produtos é um processo que depende em 75 por cento dos importadores. Com a crise, que escasseou as divisas, não conseguem trazer produtos. Em consequência disso, vão alternando os preços de vez em quando. Mesmo com stock cheio, uns já começaram a disponibilizar menos produtos, para, quando faltarem poucos dias para o Natal venderem a preços altos”.