Finanças

BNI lidera sindicato bancário para apoiar Laúca

O Banco de Negócios Internacional (BNI), na qualidade de Banco Agente, liderou o Sindicato Bancário, que concedeu um financiamento ao Ministério das Finanças mediante a emissão de Títulos do Tesouro até 10 anos, no valor equivalente em kwanzas a 400 milhões de dólares norte-americanos, segundo fez saber o banco à imprensa, através de comunicado.

A 1ª tranche, que foi disponibilizada no montante de 18 mil milhões de kwanzas, contou, igualmente, com a participação do Banco Millennium Atlântico (BMA) e do Banco Angolano de Investimentos (BAI), tendo sido destinada ao aproveitamento Hidroeléctrico de Laúca, em construção no rio Kwanza, projecto de extrema relevância no contexto
da Economia Nacional.
Este projecto é um bom exemplo, real e consequente, de contribuição do BNI, e dos seus parceiros bancários, para o crescimento e afirmação nacional, tendo por base a melhoria substancial das condições de vida de todos os angolanos.
“O Banco BNI lidera o Financiamento em moeda nacional, de um dos maiores projectos relevantes de incentivo do tecido produtivo angolano, contribuindo para a consequente afirmação e diversificação sectorial da
nossa economia”, lê-se.