Especial

Estados Unidos deram mais de 48 mil milhões de kwanzas

Os Estados Unidos da América são, ao menos até ao último trimestre de 2017, o quinto maior parceiro comercial de Angola, com trocas estimadas em 48 mil milhões de kwanzas (166 milhões de dólares). No relatório sobre o comércio externo, o Instituto Nacional de Estatística (INE) fixou nos 75 mil milhões de kwanzas (259 milhões de dólares) as trtocas dfo III trimestre de 2017, acima dos 65 mil milhões de kwanzas (225 milhões de dólares) do IV trimestre de 2016.

Os Estados Unidos da América são, ao menos até ao último trimestre de 2017, o quinto maior parceiro comercial de Angola, com trocas estimadas em 48 mil milhões de kwanzas (166 milhões de dólares). No relatório sobre o comércio externo, o Instituto Nacional de Estatística (INE) fixou nos 75 mil milhões de kwanzas (259 milhões de dólares) as trtocas dfo III trimestre de 2017, acima dos 65 mil milhões de kwanzas (225 milhões de dólares) do IV trimestre de 2016.
Os americanos aparecem na lista oficial atrás da líder China, que é seguida por Índia, Taiwan e África do Sul como os maiores destinos das exportações de Angola.
No capítulo das importações, onde Portugal é a líder, os Estados Unidos da América aparecem na sétima posição com trocas estimadas em pouco mais de 27 mil milhões de kwanzas (93 milhões de dólares), bem abaixo dos 74 mil milhões de kwanzas (USD 256 milhões) do III trimestre e dos 53 mil milhões (USD 183 milhões) do período homólogo de 2016.