Especial

Angola e hungria assinam Acordo de cooperação técnica

O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, encontrou-se nesta quarta-feira (21) na Hungria, com o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comércio do Governo húngaro, Peter Szijjartó, com quem assinou um acordo de cooperação económica e técnica.

O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, encontrou-se nesta quarta-feira (21) na Hungria, com o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comércio do Governo húngaro, Peter Szijjartó, com quem assinou um acordo de cooperação económica e técnica.
Segundo uma nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, chegada à Angop, em Luanda, durante a sua estada em Budapeste, Georges Chikoti reuniu com o presidente da comissão de Relações Exteriores da Assembleia Nacional da Hungria, Zsolt Németh.
O governante angolano reuniu ainda com o Grupo de Amizade Hungria-África Subsariana da Assembleia Nacional e com o secretário de Estado para o Desenvolvimento Económico e Regulação Económica, István Lepsúnye.
A propósito da deslocação do ministro, o director de Geopolítica Europa do Ministério das Relações Exteriores, Francisco da Cruz, disse que “no quadro do reforço das relações bilaterais, haverá discussão com vista a assinatura de um acordo de cooperação económica, técnica e científica”. O referido acordo, explicou, criará um quadro conducente à uma cooperação mais abrangente e diversificada entre a República de Angola e a Hungria”.
O ministro angolano faz-se acompanhar da actual embaixadora de Angola na Hungria e decana do Grupo de Embaixadores Africanos, Lizeth Pena. Angola e Hungria estabeleceram relações diplomáticas em 1976 e rubricaram o primeiro acordo de cooperação em Abril de 1977.Em 1986, com o apoio de economistas da Hungria, o governo angolano ensaiava as primeiras medidas para a economia de mercado, depois de 10 anos de modelo económico planificado ou centralizado.