Empresas

Sonangol ajusta administração

O Conselho de Administração da Sonangol fez publicar, ontem, através de uma nota de imprensa a que o JE teve acesso, alterações na sua actual constituição.

De acordo com o documento, a reestruturação em curso há 17 meses entra agora numa nova fase, com desafios bem definidos e que exigem não só o reforço, como também uma maior especialização dos elementos deste Conselho.
deste modo, as áreas críticas para o sucesso do processo de transformação da Sonangol estão claramente identificadas e serão atribuídos administradores totalmente focados e com um profundo conhecimento dos respectivos dossiers.
O alargamento da equipa de gestão, e a especialização da mesma, vai permitir um maior envolvimento diário nas operações e uma intervenção mais célere perante os desafios que se apresentam.
O contexto económico em que operamos é complexo e exigente, pelo que precisamos de reforçar a nossa capacidade de adaptação, a agilidade e a proactividade, através de uma maior divisão de pelouros e, assim, de uma maior capacidade de actuação.
A nota de imprensa adianta que foram integrados ao Conselho de Administração três novos elementos, designadamente Ivan Sá de Almeida, que irá exercer funções nas áreas relativas à produção e exploração; Susana Almeida Brandão, que assumirá funções de coordenação da área jurídica com vista a trazer competências resultantes da sua experiência internacional e Emídio Pinheiro, que assumirá funções nas áreas que não são o negócio principal da Sonangol, nomeadamente a gestão da Sonangol Holdings e Indústria.