Empresas

Grupo Nabeiro quer consolidar marca no país

Instituição vai somar os seus investimentos em Angola para captação de mais receitas líquidas

O grupo Nabeiro, representante do Café Delta em Angola está a aumentar o seu investimento para consolidar-se no mercado nacional.
Segundo o administrador do grupo, Rui Nabeiro, o objectivo é “continuar a crescer e consolidar a posição” no mercado externo, em países como França, Brasil, Angola ou China onde a Delta está presente. A meta, diz, é que o mercado externo represente metade das receitas do grupo.
“O ano está a correr bem, estamos a crescer 2,5 por cento no global. Este ano a expectativa é chegarmos aos 400 milhões de euros”, refere o administrador do grupo. Também com o contributo do mercado internacional que já pesa 32 por cento das receitas globais da empresa.
O centro de inovação está actualmente nas instalações de Lisboa do grupo, mas notícias deram conta de que podia mudar-se para o Hub Criativo do Beato. “Estamos a conversar, não temos ainda nada de concluído, mas espero que em breve tenhamos novidades sobre isso”, diz o gestor. O WalQ é uma das seis novidades apresentadas em Outubro pelo grupo no Delta Innovation Way, e resulta da aposta da companhia na inovação, um dos pilares de crescimento do grupo.
Depois do RISE, um sistema de expresso anti-gravidade, este ano a empresa portuguesa trouxe à edição da cimeira tecnológica um novo projecto saído do centro de inovação do grupo, a Diverge.