Empresas

Fábrica de plásticos do Lubango cria empregos e reduz importação

Um total de sessenta e oito postos de trabalho foram criados com a abertura de uma nova fábrica de plásticos do grupo “Marivel”, num investimento financiado pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), estimado em 450 milhões de kwanzas.

Um total de sessenta e oito postos de trabalho foram criados com a abertura de uma nova fábrica de plásticos do grupo “Marivel”, num investimento financiado pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), estimado em 450 milhões de kwanzas.
O empreendimento, que nos próximos meses poderá ver o número elevar-se para 210 trabalhadores, com idades compreendidas entre 18 e 35 anos, foi construído numa área de três hectares desde 2015, será inaugurado nesta sexta-feira, na cidade do Lubango.
Em declarações à Angop, a proprietária da empresa, Ana Maria Marques, referiu que jovens com idades compreendidas entre os 18 e 35 anos foram recrutados e formados para este fim.
O empreendimento dispõe de nove máquinas e numa primeira fase vai produzir 20 mil bacias, baldes e sacos plásticos, cestos de compras, jarras, caixas de arrumação, mesas, canecas de plástico e cadeiras/dia.
Contará, igualmente, com uma área de reciclagem, tendo perspectivas de produzir, posteriormente, garrafas de água.
“Já devíamos ter arrancado com o trabalho, só que tivemos alguns constrangimentos devido a aquisição de equipamentos a partir do exterior do país”, diss.
Agrega valor
A governadora provincial em exercício, Maria João Chipalavela, considerou que a fábrica de plásticos vai agregar valor e contribuir para o desenvolvimento económico da província e do país, sobretudo pelo número de empregos gerados e pela contribuição na redução das importações.
Ao falar na cerimónia de inauguração da única fábrica de Plásticos da Huíla , a vice-governadora sublinhou que esses investimentos constituem uma importante aposta da cadeia produtiva da província e ajudam no processo de diversificação da economia nacional.
A unidade fabril, segundo a responsável, vai permitir também ao Estado alargar a sua base de colecta de impostos, que financiará os planos de desenvolvimento do Governo, assim como contribuir no processo de redução das importações.
Aconselhou os proprietários da empresa a apostar também na exportação, visando gerar mais riqueza.
A fábrica de plásticos Marivel está situada na zona da Figueira, comuna da Arimba, no Lubango, sendo o primeiro empreendimento do género na província da Huíla.