Empresas

Balança comercial angolana regista saldo positivo

A balança comercial angolana registou no exercício económico de 2016 um saldo de 563 milhões de kwanzas, sendo que as exportações atingiram um valor de 2.736,6 mil milhões de kwanzas e as importações 2,173,6 mil milhões de kwanzas.

A balança comercial angolana registou no exercício económico de 2016 um saldo de 563 milhões de kwanzas, sendo que as exportações atingiram um valor de 2.736,6 mil milhões de kwanzas e as importações 2,173,6 mil milhões de kwanzas.
Segundo o relatório da Administração Geral Tributária (AGT) que o JE teve acesso, a China ocupou o lugar cimeiro no que se refere as exportações efectuadas em 2016 tendo atingido um valor de 1.190,8 mil milhões de kwanzas, com particular incidência para a compra de combustível.
Em ralação ao período homólogo de 2015 verificou-se uma redução na ordem de 34 por cento devido a redução na venda do petróleo bruto. A desaceleração das exportações verificou-se igualmente em ralação aos EUA com uma cifra de 29 por cento relativamente ao ano passado. As compras dos EUA a Angola resumem-se em grande medida ao petróleo. Na base das reduções está a volatilidade dos preços das comodities no mercado internacional.
Taiwan, Índia, Emiratos Árabes Unidos, França, Portugal e África do Sul integram também a lista dos principais destinos das exportações de Angola, sendo que a África do Sul constitui o principal parceira económica de Angola na Sadc.
As compras efectuadas por Angola a Portugal atingiram em 2016, um valor de 300,9 mil milhões de kwanzas com incidência para a importação de bens alimentares.

Verificou-se uma redução de 9 por cento em relação a 2015. Segue-se as importações feitas a China que se cifraram em 266,2 mil milhões de kwanzas, registando-se um decréscimo de 32 por cento em relação a 2015.